Em nota, Vereador Gilmar Santos responde falsas acusações de líder do governo sobre Residencial Novo Tempo V

Gilmar Santos responde calúnias e falsas acusações feitas por líder do governo/Iury Aragão

O Vereador Gilmar Santos, representando o Mandato Coletivo (PT), vem publicamente repudiar a atitude covarde, irresponsável e criminosa do vereador Ronaldo Silva (DEM) quando na sessão desta quinta-feira, 20 de Maio, na Câmara Municipal de Petrolina, Casa Plínio Amorim, proferiu calúnias contra esse parlamentar, o acusando de estimular pessoas a ocuparem área pública próximo ao Residencial Novo Tempo 5 e, consequentemente, ser corresponsável pela morte de uma senhora, vítima de acidente em um dos barracos daquela ocupação.

Fica bastante evidente o nível de desespero e do quanto esse vereador que nos acusa precisa explicar para a sociedade, para os órgãos de fiscalização e para a própria justiça:

I.                    Por que cadastrou famílias no seu gabinete com a justificativa de “avisá-las” sobre o programa de habitação do município? Não sabe o vereador que não é papel da Câmara e sim da Prefeitura a realização de cadastro para programas e serviços do município?

II.                  Por que será que a assessora do Sr. vereador Ronaldo Silva realizava cadastros nas ocupações e, após o ocorrido no Residencial Novo Tempo 5, essa assessora foi demitida pelo vereador? O que ela fez de tão errado para ser demitida? Estaria estimulando pessoas a fazerem ocupação?

III.                Até que ponto o vereador tenta desviar o foco sobre os possíveis crimes que cometeu e nos acusa tão levianamente?

Durante mais de um mês em que as famílias que ocuparam o Residencial Novo Tempo 5 estiveram naquele local, a maioria indignada com a falta de transparência da Prefeitura sobre o processo de cadastramento e sorteio daquelas unidades habitacionais, nosso mandato esteve presente, sendo solidário, mobilizando pessoas para a arrecadação de alimentos, orientando essas famílias sobre os seus direitos, testemunhando tragédias, denunciando a negligência do poder público municipal e solicitando dos órgãos de fiscalização a devida atuação para proteger aquelas vidas. Jamais estimulamos qualquer família a ocupar qualquer terreno ou imóvel. Muito pelo contrário, orientamos para que cumprissem a determinação da Justiça Federal e voltassem para os seus locais de origem.

Quando o vereador que nos acusa procura tirar proveito de uma situação tão trágica, em que uma senhora perdeu a vida lutando por direitos, é de se imaginar o nível de desumanidade e mau-caratismo. Haveremos de tomar as devidas providências contra esse Sr. junto à Polícia Civil e ao Ministério Público Federal, a fim de que a população de Petrolina saiba o quanto honramos e respeitamos o voto popular que nos foi concedido e o quanto haveremos de enfrentar de forma digna e corajosa aqueles que usam o dinheiro público para cometer crimes e enganar a nossa população.

Dito isto, reafirmamos nossa solidariedade e compromisso na luta pelo à moradia junto às famílias  em situação de vulnerabilidade social de Petrolina. 

Vereador Gilmar Santos
Mandato Coletivo – PT

Requerimento de Gilmar Santos com questionamentos sobre a distribuição de casas do Novo Tempo 5 é aprovado na câmara

A solicitação entrou na pauta da sessão desta terça-feira e foi aprovada por 20 votos; o documento ainda inclui listas de cadastros e informações sobre a publicidade dada aos processos de inscrição e sorteio dos imóveis

Ocupação do Residencial Novo Tempo 5. Foto/Danilo Souza

O Residencial Novo Tempo 5 voltou à pauta da Câmara Municipal de Petrolina-PE, na manhã desta terça-feira (04). Em um requerimento direcionado à secretaria municipal de desenvolvimento urbano e habitação, o vereador Gilmar Santos-PT pediu cópias de documentos e informações sobre os critérios para o sorteio e distribuição das casas.

“A nossa solicitação faz parte de um esforço para garantir às centenas de famílias do municípios que lutam por moradia informações corretas sobre as ações da secretaria executiva de habitação em relação ao processo de cadastramento e sorteio dos programas habitacionais em Petrolina”, afirma Gilmar Santos.

Aprovada por 20 votos, a solicitação ainda inclui listas de cadastros e informações sobre a publicidade dada aos processos de inscrição e sorteio dos imóveis (confira a lista):

  • Lista completa dos cadastrados;
  • Informações sobre o órgão responsável pela elaboração do cadastro;
  • Dados sobre o órgão responsável pela definição dos critérios para os sorteios;
  • Detalhes sobre os critérios utilizados para o estabelecimento de prioridades (famílias residentes de áreas de risco, famílias com crianças com microcefalia, etc.);
  • Informações acerca do processo de publicidade de informações para cadastramento e sorteio dos imóveis.

De acordo com Gilmar Santos, a publicidade destas informações pode garantir um debate público mais qualificado para o problema. “É preciso que essas informações sejam disponibilizadas para avaliarmos o grau de transparência, publicidade e justiça para essas famílias. Somente assim será possível fazer um debate público e responsável sobre essa situação, pontuou o parlamentar (confira no vídeo abaixo).

A proposição deveria ter sido apreciada na semana passada, mas por uma decisão da mesa diretora, o requerimento não entrou na pauta. (relembre).

Suspeita de fraudes em sorteio do Novo Tempo 5 motiva requerimento de Gilmar Santos, mas Aero Cruz não inclui matéria na pauta

“Diversas famílias estão há mais de 20 dias ocupando aquele residencial, sem alimentação, sem água, sem energia, passando por situação de humilhação e nós gostaríamos muitos que a gestão municipal, juntamente com esta Casa, pudesse assumir essa luta pelo direito a moradia”, disse Gilmar

Fraudes no Residencial Novo Tempo 5. Petrolina-PE

Uma série de questionamentos sobre a entrega das casas do Residencial Novo Tempo 5, foi apresentada na manhã desta terça-feira (26), pelo Vereador Gilmar Santos-PT. O parlamentar chegou a protocolar um requerimento, porém, por decisão do presidente da Casa, a matéria não entrou na pauta.

“Nós estamos com diversas famílias que estão ocupando aquele residencial há mais de 20 dias, sem alimentação, sem água, sem energia, passando por situação de humilhação e nós gostaríamos muitos que a gestão municipal, juntamente com esta casa, pudesse assumir essa luta pelo direito a moradia”, disse Gilmar ao questionar a ausência do Requerimento na pauta.

Em resposta a indagação de Gilmar, Aero Cruz disse cometei um equívoco. “Realmente houve um equívoco de não ter comunicado, mas na próxima sessão estará na pauta”, afirmou o presidente.

Vale ressaltar que cada parlamentar tem direito a 5 proposições por sessão. O Vereador Gilmar cumpriu o quantitativo de matérias, chegou a tentar uma substituição ao longo da sessão, mas não obteve êxito.

A situação conflituosa no Residencial Novo Tempo 5, têm desencadeado uma série de dúvidas sobre o processo de cadastro e sorteio das unidades. As famílias não sorteadas relatam “ilegalidades” na atuação da Prefeitura de Petrolina.

No início do mês, logo após o sorteio, as 230 unidades, entregues (com atraso) pela gestão municipal, foram ocupadas por ao menos 100 famílias. A maioria residia em áreas de risco.

O requerimento que seria votado nesta terça era direcionado à Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação de Petrolina. Nele, Gilmar Santos solicita uma série de informações (confira a lista):

  1. Lista completa dos cadastrados para o sorteio do Residencial Novo Tempo V;
  2. Que seja informado qual foi o órgão responsável pela elaboração do cadastro para posterior realização do sorteio das unidades habitacionais do Residencial Novo Tempo V;
  3. Que seja informado qual é o órgão responsável pela definição dos critérios para os sorteios;
  4. Que seja informado qual são os critérios foram utilizados para o estabelecimento de prioridades (famílias residentes de áreas de risco, famílias com crianças com microcefalia, etc.) para o sorteio e qual o órgão responsável pela definição desses critérios; 
  5. Que seja informado qual o órgão responsável pelo sorteio dos contemplados para receber os imóveis;
  6. Quais os meios utilizados para dar publicidade tanto à possibilidade de cadastramento das famílias, quanto ao sorteio dos imóveis.

“No município de Petrolina o déficit habitacional é enorme e a quantidade de famílias que vivem em locais com condições extremamente precárias é também assustadora. Espaços como o Residencial Novo Tempo V, deveriam servir para amenizar um pouco essa situação, e dar condições mais dignas de moradia para centenas de famílias”, defendeu Gilmar.

Moradia: em ofício, Vereador Gilmar Santos pede apuração sobre supostos cadastros realizados na Câmara de Petrolina

Encaminhado aos vereadores Aero Cruz e Osório Siqueira, presidente e ex-presidente da Casa Plínio Amorim; os parlamentares responderam

Após denúncias de que cadastros para o Minha Casa Minha Vida (atual Casa Verde Amarela), teriam sido realizadas nas dependências da Câmara Municipal de Petrolina, o Vereador Gilmar Santos-PT, enviou na manhã desta terça-feira (20), um ofício aos vereadores Aero Cruz e Osório Siqueira, presidente e ex-presidente da Casa.

O comunicado foi feito durante a sessão ordinária desta terça, onde Gilmar Santos apresentou detalhes da solicitação e chamou atenção do vereador Osório Siqueira, ex-presidente da Câmara (confira no vídeo).


Confira a lista dos beneficiados no Residencial Novo Tempo V

O sorteio foi realizado na manhã desta quarta-feira (07) e a lista completa foi divulgada no final da tarde

Após suposta tentativa de golpe, Prefeitura de Petrolina alerta sobre falsa  cobrança para cadastros no 'Minha Casa, Minha vida' • NOTÍCIA NO VALE -  Todas as informações de Petrolina, Juazeiro e do

Foi divulgada no final da tarde desta quarta-feira (07), a lista com os nomes das famílias contempladas com as unidades do Residencial Novo Tempo V, conjunto habitacional do extinto programa federal “Minha Casa, Minha Vida”, criado pelo governo Lula. Confira a lista.

De acordo com a Caixa Econômica, o sorteio foi feito de forma eletrônica, por meio de um aplicativo próprio do banco.

As 230 famílias beneficiadas devem aguardar o contato, por telefone, da Secretaria Executiva de Habitação, que vai agendar a vistoria, assinatura de contrato e, por fim, a entrega das chaves.

Baixe aqui a lista completa.

Sorteio das 230 casas do residencial Novo Tempo 5 será nesta quarta-feira

A lista das famílias contempladas será divulgada pela Caixa Econômica Federal às 11h da manhã através de um evento online

Foto: Jonas Santos

Questionado pelo Vereador Gilmar Santos (PT), na manhã desta segunda-feira (05), o Secretário Executivo de Habitação de Petrolina, Thiago Rosendo, afirmou que o sorteio das 230 unidades habitacionais do Residencial Novo Tempo 5, será realizado na próxima quarta-feira (07).

A lista das famílias contempladas será divulgada pela Caixa Econômica Federal às 11h da manhã através de um evento fechado, devido à pandemia e os decretos emergenciais. As famílias inscritas poderão acompanhar o resultado através de uma transmissão online.

A expectativa é de que o sorteio contemple famílias que moram em ocupações irregulares e áreas de risco. Antes do sorteio, foi realizado cadastramento, verificação da documentação e aprovação pela instituição financeira.

De acordo com informações da Caixa, cada imóvel tem 42,08m², com sala, 2 quartos, banheiro, cozinha e área de serviço.

O residencial faz parte do programa habitacional ‘Minha Casa, Minha Vida’, extinto pelo governo Bolsonaro em janeiro deste ano.

Mandato Coletivo solicita informação sobre interrupção de energia elétrica no Residencial Pomares

O documento, direcionado ao Gestor de Atendimento da Celpe em Petrolina-PE, Edmilson Fonseca, solicita detalhes sobre a situação do cadastro das famílias que estão sem acesso a energia elétrica

Residencial Pomares. Foto: Cícero/Assessoria

Procurado por moradores do Residencial Pomares, que relataram problemas na oferta de energia elétrica para algumas unidades do bairro, o Vereador Gilmar Santos (PT), visitou a comunidade na tarde desta quarta-feira (01), e constatou o problema.

Diante da situação, o Mandato Coletivo enviou uma solicitação para a Celpe na tarde desta quinta-feira (02), solicitando detalhes sobre o serviço. O documento (OFÍCIO Nº 084/ 20), Direcionado ao Gestor de Atendimento da Celpe em Petrolina-PE, Edmilson Fonseca, solicita detalhes sobre a situação do cadastro das famílias que estão sem acesso a energia elétrica.

Segundo informações, o motivo da interrupção seria em decorrência de pendências junto à Celpe, no entanto, alguns moradores alegam que estão com todas as contas pagas. Gilmar Santos defende que,”caso haja outro problema, que a Companhia informe os motivos para a não prestação do serviço”.

Vereador Professor Gilmar participa de assembleia no Residencial Novo Tempo e apresenta exigências da comunidade durante Sessão Plenária

“A comunidade do Residencial Novo Tempo exige que seja colocado no local um novo reservatório para que o fornecimento de água seja estabilizado”

Foto: Camila Rodrigues

Na última quarta-feira (27), o vereador professor Gilmar Santos (PT) participou de uma assembleia geral no Residencial Novo Tempo para discutir junto à comunide, a COMPESA, a ARMUPE, o Ministério Público, a Prefeitura Municipal e a Câmara de vereadores do município, soluções para a falta de água na etapa 2 do bairro referido. Na reunião foram colocadas possíveis soluções para o problema, bem como, queixas relacionadas as altas taxas cobradas por um serviço que mal funciona.

Durante a Sessão Plenária desta quinta-feira (28), Gilmar apresentou as exigências levantadas pela comunidade durante a assembleia e disse que estabilizar o fornecimento de água no bairro é um problema que a Prefeitura pode resolver junto à COMPESA, desde que haja investimento e interesse da primeira.

“A comunidade do Residencial Novo Tempo exige que seja colocado no local um novo reservatório para estabilizar o fornecimento de água. É um problema que a COMPESA pode resolver e o município pode resolver também… Nós acreditamos que está na hora do município agir diante desse celeuma da COMPESA, que negligencia e que presta um péssimo serviço. Nós temos aproximadamente um bilhão de recursos a disposição do prefeito Miguel Coelho… Por que não pegar parte desses recursos e construir uma caixa d’água no Novo Tempo e estabilizar o fornecimento de água para aquela comunidade?” Disse.