Nos deixou cedo demais: Nota de pesar pela morte do jornalista Paulo Henrique Amorim

Em sua memória e homenagem repostamos o vídeo da entrevista cedida ao Ponto Crítico e à Húmus Cultural, em 2015, onde foram abordados temas relacionados ao cenário político brasileiro, crise econômica e a democratização da comunicação. Além disso, prestamos a nossa solidariedade a todos os familiares e amigos que enfrentam esse momento doloroso.

Paulo Henrique Amorim

Recebemos com extremo pesar nesta quarta-feira (10), a notícia do falecimento do jornalista Paulo Henrique Amorim, aos 77 anos. Jornalista desde 1961, PHA -como é carinhosamente lembrado, representa para o jornalismo, para o Brasil e seu atual cenário político, um exemplo de profissional e de pessoa que manteve, até os últimos momentos, uma postura ética e crítica em relação à parcialidade e corrompimento de boa parte da mídia comercial, assim como do Poder Judiciário Brasileiro.

Há menos de um mês, Amorim foi afastado do “Domingo Espetacular”, na emissora de TV Rede Record, por perseguição política do governo Bolsonaro, ao qual vinha tecendo as devidas críticas em seu blog, “Conversa Afiada”. O desligamento do programa foi apontado por muitos dos bastidores como uma retaliação da direção da rede que apoia o indefensável (Bolsonaro).

PHA deixa seu legado para os próximos que virão nesse cenário caótico, aonde jornalistas são ameaçados e perseguidos todos os dias. Deixa sua contribuição na história que o recordará pelo compromisso com o país, por sua luta pela democratização da comunicação e contra as injustiças, por sua coragem e dedicação.

Deixamos a todos os familiares e amigos de Amorim, a nossa solidariedade nesse momento tão difícil. Que seus corações sejam confortados e regozijados pelo espírito da luta, que é constante, em busca de justiça e igualdade; de um país soberano e democrático, assim como fez o grande jornalista.

Mandato Coletivo

Assista a entrevista que PHA cedeu à radialista e editora do Blog Ponto Crítico, Ângela Santana, e ao professor e diretor da Húmus Cultural, Gilmar Santos ( hoje vereador pelo PT), em 2015.

Comissão dos Direitos Humanos e Cidadania de Petrolina lamenta assassinato dos irmãos Gustavo e Manuel

“Os irmãos foram encontrados com marcas de um crime cometido com requintes de crueldade”

Os irmãos Gustavo Vitor Souza dos Santos (13 anos) e Manuel Carlos Souza dos Santos (10 anos)

A Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Câmara de Petrolina   recebeu com profunda tristeza e indignação a notícia do brutal assassinato dos irmãos Gustavo Vitor Souza dos Santos (13 anos) e Manuel Carlos Souza dos Santos (10 anos). O corpo do primeiro foi encontrado na última sexta (29) e a morte de Manuel foi confirmada no final da tarde desta segunda (1°).

As motivações desta violenta ação contra os irmãos ainda são desconhecidas, mas a Comissão de Direitos Humanos e Cidadania espera que haja uma rápida apuração deste crime e que os responsáveis sejam punidos. Em tempo que, assume o compromisso de monitorar a investigação e apuração do crime e assume a responsabilidade de construir uma agenda para o aprofundamento de políticas públicas de proteção aos direitos da criança e do adolescente com a realização de um fórum permanente; assume também a responsabilidade de cobrar que as ações de proteção sejam adotadas com eficácia no município; que tenha investimentos do poder público municipal, estadual e federal de proteção juvenil com o objetivo de diminuir a violência e evitar que crimes desta natureza volte acontecer no município.

A mãe das crianças, Francineide dos Santos Souza, estava mobilizando a comunidade para encontrar o filho mais novo com vida, mas recebeu a triste notícia do seu assassinato. Manuel será enterrado na manhã desta terça.

Os vereadores, integrantes da Comissão, manifestam a sua solidariedade e apoio à família dos irmãos e aos amigos.

 

Comissão de Direitos Humanos e Cidadania

Presidente: Gilmar Santos

Relator: Paulo Valgueiro

Secretário: Osinaldo Souza

Suplente: Maria Elena Alencar

Marielle Franco, PRESENTE!

Foto: Reprodução

O Mandato Coletivo, do vereador Gilmar Santos – PT/Petrolina, consternardo com o brutal assassinato da vereadora Marielle Franco, PSOL/Rio de Janeiro, bem como de Anderson  Gomes, motorista que a acompanhava,  vem expressar profunda indignação diante de tamanha barbaridade, com explícitos sinais de um crime de execução/político. Expressamos, também, a nossa solidariedade aos companheiros e companheiras do PSOL, e desejamos que a história de Marielle, mulher, feminista, homossexual,  militante negra e defensora dos direitos humanos,  comprometida com a construção de uma sociedade democrática, justa, igualitária e pacífica, nos fortaleça ainda mais em continuar as nossas lutas.

Marielle Franco, PRESENTE!

 

Mandato Coletivo lamenta morte de Dona Judith, mãe da companheira Cristina Costa

O Mandato Coletivo lamenta a morte de Dona Judith, mãe da nossa companheira do Partido dos Trabalhadores (PT), vereadora Cristina Costa. Dona Jutith  estava enferma há dois anos e durante todo esse tempo recebeu especial atenção, amor e cuidados da sua filha, juntamente com toda família até os últimos minutos de sua vida. Registramos aqui nossos sentimentos de pesar e rogamos a Deus conforto para nossa companheira e familiares. Segue nota de sua assessoria:

Morre mãe da vereadora Cristina Costa

Nesta noite de quinta-feira (01), a Vereadora Cristina Costa perdeu sua mãe, Dona Judith Costa de Carvalho, de 86 anos.  Foi dessa guerreira todas as referências de luta, de caráter e de dignidade que Cristina herdou. Esse momento é de dor, lamento e tristeza. Mas é também de orgulho de ser filha de Dona Judith, de amor incondicional e que valentemente, lutou anos pela vida. Doente e acamada há dois anos, ela se comunicava com o olhar para distribuir seu afeto aos sete filhos e aos cinco netos. Não perdeu a batalha. Descansou depois de cumprir uma linda jornada. Combateu o bom combate. Deixou exemplos para gerações. Marcou a vida dos que compartilharam com ela seu caminho.

O corpo de Dona Judith Costa será velado em sua residência, à Rua Cesário Silva, número 69, Centro de Juazeiro, a partir da 0h desta sexta-feira (02). O sepultamento está marcado para as 16h, no cemitério Central da cidade.

 

Assessoria de Imprensa

Gabinete Cristina Costa

Vereadora – PT

Vereador Gilmar Santos emite nota de pesar pela morte de irmã Jocélia

Faleceu na tarde ontem Irmã Jocélia Zampirolli, Salesiana do Colégio Auxiliadora. A freira foi atropelada por um ciclista segunda-feira, 26, na saída do colégio. Após o acidente ela foi socorrida ao Hospital Universitário (HU), passou por cirurgia, mas acabou vindo a óbito.

Consternado, o vereador Gilmar Santos que era amigo da irmã, emitiu nota de pesar, confira abaixo:

NOTA DE PESAR

O Mandato Coletivo, do vereador Gilmar Santos, consternado com o precoce falecimento da Irmã Jocélia Zampirolli, ocorrido na tarde desta quarta-feira (28), vem expressar solidariedade aos familiares, às Irmãs da congregação “Filhas de Maria Auxiliadora” e à comunidade educativa da Rede Salesiana, em Petrolina. Irmã Jocélia dedicou sua vida à educação de jovens, meninos e meninas, seguindo os passos de Santa Maria Mazzarello e São João Bosco, fundadores da família salesiana. Os frutos deixados pelo seu compromisso são reconhecidos por todos que conviveram com uma mulher de espírito forte e grande determinação. Fica a nossa gratidão pelo breve convívio e experiências compartilhadas.

Descanse em paz, Irmã Jocélia!

Vereador

Gilmar Santos

De acordo com a assessoria de comunicação do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, a religiosa parte aos 76 anos deixando um legado de fé e amor. A comunidade Salesiana agradece todos que rezaram pela sua recuperação.

O velório acontece hoje na capela do Colégio Auxiliadora, as aulas foram suspensas no dia de hoje.

 

Nota de pesar

 

Expressamos nossos sentimentos de pesar pelo falecimento do grande poeta e compositor, Manuca Almeida. A obra e a presença artística de Manuca são reveladoras do espírito irreverente, festivo e afetuoso de uma Juazeiro que hoje é conhecida nacionalmente, também, pelas contribuições desse querido artista. Prestamos nossa solidariedade aos familiares, amigos e amigas. Que Juazeiro preserve na sua memória essa importante obra.

Emanuel Almeida (Manuca) faleceu no último sábado, 11, em decorrência de um câncer.

 

Mandato Coletivo

Gabinete do vereador Prof. Gilmar Santos

Nota de pesar

Foto: Fábio Cardoso

O Vereador Gilmar Santos (PT) juntamente com aqueles que constroem o Mandato Coletivo, expressa seus sentimentos de pesar e grande solidariedade à família de Geomarco Coelho de Sousa, então Prefeito da cidade de Dormentes, pelo seu falecimento nesta quinta-feira (21/09).

Ao mesmo tempo que estende seus sentimentos a toda a população da cidade irmã por perderem seu principal representante, tantas vezes eleito pela maioria de seus cidadãos.

Ascom Gabinete Mandato Coletivo Vereador Gilmar Santos